A mãe de todas as corrupções: a corrupção da alma!

21/04/2016 17:12

Num período onde neste país sujeiras que sempre existiram começam a ser evidenciadas, as reflexões sobre corrupção brotam em quase todas as cabeças. Tem se falado muito que a corrupção começa com as pequenas atitudes corruptas que todos nós realizamos no dia a dia, como estacionar em vaga de idoso se você não o é, ou sonegar o imposto devido.

Não quero agora discutir sobre essas pequenas corrupções ou se quem as pratica, numa situação favorável, diante de um cargo político por exemplo....,  se tornaria um grande corrupto, apenas sei que uns tem a grande corrupção latente dentro de si, à espera de uma oportunidade, e outros não.

Neste momento quero falar sobre a mãe das corrupções, aquela que gera todas as outras, grandes ou pequenas: a corrupção a alma, da verdade interior de cada um. Neste caso, os corruptos somos todos nós, que nos deixamos corromper pelo ego, nosso eterno corruptor. Por ego quero dizer uma parte nossa que um dia tomou como verdadeiros e, por isso procurou seguir, alguns ditames definidos por séculos de culturas mundiais doentias e distantes de algo mais elevado.

Um exemplo de corrupção da minha alma pelo meu ego aconteceu neste último sábado onde a cidade de São Paulo derretia num calor de 33 graus à sombra. Estava eu em casa, fresca, vestindo shorts e top, imaginando a temperatura na rua. Eu e meu marido íamos acompanhar o irmão dele em uma imobiliária. Pouco antes de sairmos, meu marido perguntou: “Você já está pronta? Vai assim?”. Respondi que colocaria uma camiseta por cima do top. Coloquei e fui. Senti muito calor, mas meu ego estava satisfeito, me dizia que é assim que uma mulher de respeito, que não quer ser mal interpretada, precisa se vestir em determinados locais, afinal “ Você não está na praia!”.  Retornando em casa a primeira coisa que fiz, após um grande copo d’água: Xô camiseta!!!

Nos corrompemos em pequenas coisas todos os dias, quando não nos permitimos ser como puramente nossa alma deseja. E ela certamente não quer vestir roupa quando o corpo sente calor...Seriam nossas roupas tão diferentes de uma burca? Teriam elas função menos represora? 

Nos corrompemos sempre que nosso eu interior deseja coisas autênticas, simples e ingênuas e nós lhe dizemos “Não, isso não é adequado, não é bom, não é certo!”

Você já se pegou corrompendo sua alma por nada, pelo menos por nada além da submissão cega a regras vazias cuja única finalidade é continuar mantendo o ser humano distante de sua verdadeira natureza livre e feliz?

Um ser que não é feliz por conta de suas pequenas “autocorrupções” diárias, vive com um enorme vazio dentro de si. Ele pode ter ou não consciência desse vazio, mas ele tentará preenchê-lo com mais corrupções. Vai precisar de muito, muito dinheiro, poder, roupas, celulares, carros. Vai precisar de tempo, vai correr atrás do tempo, vai furar filas, estacionar em cima da faixa. Ele vai precisar de tempo para correr atrás dele mesmo, da sua verdade.

E o que fazer? Ir a uma reunião de trabalho de shorts e top? Sair nú às ruas num dia de verão? Talvez. De uma coisa tenho certeza, quero me manter atenta às pequenas corrupções que me afastam de minha alma e estar pronta para substituí-las por escolhas mais sábias, sempre que possível.

Terapia online

Faça terapia de casa, do trabalho ou de qualquer ambiente onde você possa estar em privacidade.

Desde 2006 contabilizamos as diversas vantagens da terapia on line:

Economia de tempo e custos

Estímulo da desinibição para pessoas com dificuldade de concentração

Conforto

Acessibilidade

Privacidade

Entre em contato e obtenha mais informações.

 

 

Contato

Núcleo de Metafísica São Paulo - SP Zona Sul
Av. Senador Casimiro da Rocha
Vila Mariana
próximo ao Metrô Praça da Árvore

São Paulo - SP Zona Leste
Rua João Gomes Ribeiro
Tatuapé
próximo ao Metrô Carrão

Campinas - SP
Av. Machado de Assis - Taquaral
(11) 2509-2600
(19) 99224-0023 (claro ou whatsapp)
atendimento@nucleometafisica.com.br